Desmistificando as tatuagens orientais

Olá pessoas! Desde o início dessa minha nova empreitada internética (a criação deste blog), tenho como mote ampliar um pouco mais o horizonte do “mundo tatuado” para outros públicos. Tento (e vou continuar tentando) mostrar sempre a diferença de escolher um bom estúdio, um bom profissional, para que o resultado seja o melhor possível.

Hoje puxarei assunto com vocês sobre as tatuagens orientais, com seus magníficos fechamentos e acabamentos. Então, por favor, tomem seus lugares, mantenham a passagem nas mãos e vamos zarpar!

As tatuagens orientais sempre foram muito populares aqui no ocidente, entenda esse “sempre” como desde a popularização e desestigmatização da tatuagem. As tatuagens orientais, normalmente feita em fechamentos corporais, remetem a grande gama da própria cultura japonesa, utilizando desde seres mitológicos até flores e paisagens. Cada fechamento deve ser visualmente balanceado, e as imagens sempre deve aparecer em pares.

O Dragão

Começando pelo dragão oriental. O dragão é um símbolo tradicional de alguns países, tal qual como a China e o Japão. O dragão oferece proteção a quem os carrega, vistos também como um símbolo de masculinidade. Mais comumente, ele possui o significado de sabedoria, força, poder, riqueza e a proteção, como dito acima. Na China antiga, o dragão era o símbolo do poder imperial e nas tradições folclóricas, é o elo que liga os homens às divindades celestiais.

A carpa

Reza a lenda que a carpa subia pela imensa cascata Longman Falls (ou Portão do Dragão) e então, quando alcançasse sua nascente, ela se transformaria em dragão. Por isso a tatuagem de carpa virada pra cima (como se estivesse subindo), simboliza esforço e perseverança, a determinação em superar um obstáculo. Logo, a carpa em sua forma voltada para baixo simboliza que os objetivos foram alcançados. Na mitologia, as carpas quando desciam pela cascata exibiam o rosto com aquela “cara de mau”, mais parecidas com os dragões.

O tigre

Nas culturas da China e Japão, é um símbolo tão importante quanto o dragão. Em muitos trabalhos orientais feitos por japoneses, é muito comum ver o tigre e o dragão juntos na mesma tattoo. Mas o tigre tem muitos significados diferentes, tanto positivo quanto negativos. Acredito que essa diversificação é pelo fato de o tigre não ser uma criatura mitológica, pois existe até hoje, e cada cultura o vê com um significado diferente. Alguns de seus muitos significados são: Força, Poder, Beleza, Orgulho, Ferocidade, Vingança, Perigo, Coragem, Paixão, Independência, Liberdade, etc.

Como eu falei lá em cima, a gama da mitologia oriental é vasta. Por hoje falei só desses três, mas muito mais ainda está por vir. Comentem, curtam, tuítem! Blogs se alimentam de comentários! Com a ajuda de vocês posso me empenhar a, cada vez mais, buscar assuntos interessantes, malucos e engraçados para dividir com vocês. Um grande abraço a todos e como virão muitos feriados (a vinda do novo Papa ao Brasil), tenham um ótimo feriado!

P.S.: O golfinho, tirando o ser humano, é o único animal que trepa copula por prazer, e não só pra acasalar e gerar prole… malandrilson… Até mais, e obrigado pelos peixes!

Anúncios

3 respostas em “Desmistificando as tatuagens orientais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s